Principios e Valores

“Toda a Universidade Católica, enquanto Universidade, é uma comunidade académica que, dum modo rigoroso e crítico, contribui para a defesa e desenvolvimento da dignidade humana e para a herança cultural mediante a investigação, o ensino e os diversos serviços prestados às comunidades locais, nacionais e internacionais." [1]

“É uma honra e uma responsabilidade da Universidade Católica consagrar-se sem reservas à causa da verdade... distingue-se pela sua livre investigação de toda a verdade acerca da natureza, do homem e de Deus.”

A Universidade Católica de Moçambique, em sintonia com estas palavras da Constituição Apostólica EX CORDE ECCLESIAE do Sumo Pontífice JOÃO PAULO II sobre as Universidades Católicas, fundamenta a sua existência nos sentidos de Verdade e de Serviço e busca de forma permanente a unidade na variedade do conhecimento humano. 

A Universidade reconhece, nas suas raízes, uma sólida inspiração nos valores da civilização cristã e não reconhece fronteiras no seu papel específico, assumindo que a sua tarefa transcende o âmbito geográfico nacional e ultrapassa limitações idiomáticas e ideológicas. É uma comunidade que se empenha na procura do conhecimento para, a seguir, o projectar de forma concreta no desevolvimento social, cultural, económico, científico, tecnológico e moral de Moçambique.

Baseando-se nos princípios católicos, a UCM persegue os seguintes valores:

  • Promoção da Pessoa e da Vida: promover o desenvolvimento pessoal de cada colaborador e cada um dos seus educandos, qualquer que seja a sua idade e condição, criando um ambiente rigoroso e exigente de aprendizagem, investigação científica e prestação de serviços para todos;
  • Busca da Verdade: buscar permanente, infatigável e criticamente a verdade, através do ensino e aprendizagem, da investigação científica e extensão, fazendo dessa busca a essência da sua missão como Universidade;
  • Defesa da Liberdade e Independência: desenvolver, em liberdade e independência, práticas de ensino, investigação científica e prestação de serviços;
  • Promoção da Solidariedade: cultivar a solidariedade como valor que mais e melhor fará desenvolver a comunidade e o mundo que habitamos e que queremos que tenha um rosto cada vez mais humano;
  • Promoção da Democracia, Cidadania e Patriotismo: promover os valores democráticos e dos cidadãos num Estado de Direito; cultivar o amor e defesa à pátria, as liberdades de consciência, de escolha e pensamento, respeitando a diversidade religiosa, cultural, étnica e a dignidade da pessoa humana.

A Universidade Católica de Moçambique assume um forte compromisso com a sociedade que a envolve. Está ao serviço do bem comum, contribuindo para o desenvolvimento da comunidade e crescimento pleno do homem. Promove o diálogo, a justiça e a paz.

[1] Cf. La Magna Charta delle Università Europee, Bolonha, Itália, 18 de Setembro de 1988, «Princípios Fundamentais».