Jornalistas de diferentes pontos das províncias de Nampula e Zambézia beneficiaram-se de uma formação em matéria de acesso a informação sobre a governação da indústria extrativa de 17 a 29 de Junho na Faculdade de Educação e Comunicação em Nampula, uma iniciativa do Centro de Estudos e Pesquisas de comunicação Sekelekani.

 

A abertura oficial foi proferida pelo Director Provincial dos Recursos Minerais e Energia, Dr. Olavo Deniasse que falou da indústria extrativa Moçambicana e o seu contributo para o desenvolvimento do país.

“Sendo um país em via de desenvolvimento, vê-se a necessidade de aprofundar estudos e desenvolver projectos que beneficiem a comunidade bem como o país, por isso, os vários Facilitadores que lá estiveram, expuseram assuntos pertinentes para a sociedade em geral”- Disse.

O curso teve como Facilitadores, a Profra. Doutora Alice Nhamposse que falou da Metodologia de investigação e ética jornalística e o Prof. Doutor Eduardo Bata falou dos Impactos socioeconómicos e ambientais da indústria extrativa em Moçambique. Foram igualmente facilitadores da formação o Dr. Carlos Coelho, Dr. Edson Ribeiro e o Prof. Doutor Arsénio Cuco que falaram sobre as Políticas, estratégias e legislações da indústria extrativa em Moçambique; da Tributação da indústria extrativa e da Governação, governabilidade, accountability e Indústria extrativa respectivamente

O Director da Faculdade de Educação e Comunicação da Universidade Católica de Moçambique, Prof. Doutor Martins Vilanculos Laita, disse na ocasião que “espera dos recém-formados maior empenho e dedicação nas pesquisas e abordagens jornalísticas sobre a indústria extractiva no País”.

Os 27 Jornalistas formados comprometeram-se em tudo fazer para garantir qualidade nas coberturas jornalísticas sobre descobertas e exploração de recursos naturais no país e terminaram louvando a iniciativa do Sekelekani e da UCM.

No final do curso, o gestor de projectos do Sekelekani Dr. Jessimusse Cacinda, comprometeu-se em dar continuidade às capacitações e formações dos jornalistas em matérias de acesso a informações sobre a indústria extractiva.

 

Elaborado Por: Gelácio Rapieque e Genice Dias

Fotografia: Genice Dias e Gelácio Rapieque

Noticias

A Pastoral Universitária e Acção Social da Universidade Católica de Moçambique em Nampula, participou na peregrinação arquidiocesana no Santuário da Nossa Senhora Mãe do Redentor
A Pastoral Universitária e Acção Social da Universidade Católica de Moçambique, Faculdades de Educação e Comunicação e de Direito, participou nos dias 26 e 27 de Outubro de 2019 na Peregrin...

A Faculdade de Educação e Comunicação da Universidade Católica de Moçambique realiza as IX Jornadas Científicas em Nampula
A Faculdade de Educação e Comunicação (FEC) da Universidade Católica de Moçambique (UCM) em Nampula realizou no passado dia 23 de Outubro de 2019 no auditório da Faculdade, as IX Jornadas Cie...

Faculdade de Gestão de Recursos Florestais e Faunísticos (FAGREFF) da Universidade Católica de Moçambique (UCM) em colaboração com a Faculdade de Ciências Agrarias da UniLúrio realizam aula prática de Inventário de Recursos Florestais e Faunístico
A Faculdade de Gestão de Recursos Florestais e Faunísticos (FAGREFF) da Universidade Católica de Moçambique (UCM) em coordenação com a UniLúrio - FCA, realizaram uma aula no âmbito da compon...

O Departamento de Direito da Faculdade de Gestão de Recursos Florestais e Faunísticos (FAGREFF) através da Unidade de Aconselhamento Jurídico (UAJ) promove palestra sobre “O Empreendedorismo no Direito: desafios dos recém-graduados”
O Departamento de Direito da UCM - FAGREFF através da Unidade de Aconselhamento Jurídico (UAJ), promoveu no passado dia 17 de Outubro de 2019 uma palestra sobre o empreendedorismo no Direito, com ...