Mestrado

 

Mestrado em Saúde Pública

Grau académico:

Mestrado em Saúde Pública

Título Profissional:

Mestre em Saúde Pública

Duração:

2 Anos


O Mestrado em Saúde Pública é criado no âmbito do desenvolvimento institucional da UCM como forma de responder aos novos desafios na área de ciências da saúde.

A partir do ano 2000 a UCM abriu na Beira, a Faculdade de Medicina, actualmente denominada de Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), que ao longo destes anos, dedica-se à formação de técnicos e especialistas em saúde, ao nível de Licenciatura, nas áreas de Medicina, Enfermagem, Análises Clínicas, Administração e Gestão Hospitalar, Farmácia, Psicologia Clínica e Assistência Social e, contribui, assim, para o aperfeiçoamento e a qualificação do pessoal e o aumento da qualidade de atendimento na rede nacional da saúde.

Todavia, no mundo de rápidas transformações e mudanças, impulsionadas pelas tecnologias de informação e pela velocidade de construção de novos conhecimentos sabe-se que os pressupostos técnicos/práticos e teóricos que os profissionais de saúde adquirem em níveis anteriores e de Licenciatura seriam insuficientes para habilitá-los às competências e aos saberes necessários a essa área, tão sensível e delicada. Daí a necessidade de aprofundamento da formação dos profissionais de saúde em níveis de Pós-Graduação, o que motiva a criação do Mestrado em Saúde Pública.

Com a criação do Mestrado em Saúde Pública, a UCM participa de forma activa na concretização do preconizado pela legislação do Ensino Superior, ora em vigor em Moçambique, no sentido de “desenvolver acções de pós-graduação tendente à profissionalização científico e técnico dos docentes e dos profissionais de nível superior em serviço nos vários ramos e sectores de actividades”. (Cfr. Lei 5/2003, de 21 de janeiro, art. 3, alínea f).


OBJECTIVOS DO CURSO

Objectivos Gerais

No final do curso de Mestrado em Saúde Pública os graduados deverão: desenvolver conhecimentos, aptidões e competências teóricas e práticas que os habilitem à realização de análise, planificação, desenvolvimento, implementação e avaliação de políticas públicas e tecnologias em saúde, tendo em conta os contextos epidemiológicos, social e ambiental no cenário nacional e internacional, em prol da melhoria da saúde das populações e do sistema de saúde, tanto em Moçambique como em âmbito mais alargado do continente africano e do mundo, no plano científico, profissional e da cidadania.


PERFIS DO CURSO

O curso de Mestrado em Saúde Pública a ser desenvolvido pela UCM-FCS vem atender à formação no mais alto nível. Neste sentido, o curso pauta por uma exigência maior no perfil de entrada que se manifestará no perfil de saída e ocupacional dos futuros mestres.

Perfil de entrada

Podem candidatar-se ao curso de Mestrado em Saúde Pública da UCM-FCS:

  1. Candidatos que tenham concluído o nível de licenciatura ou equivalente, devidamente reconhecido pelas autoridades moçambicanas, em áreas de Medicina, Enfermagem, Análises Clínicas, Farmácia, Ciências Veterinárias e Biológicas, Ciências Sociais, Economia e áreas afins;
  2. Os que tendo concluído o nível anterior demonstrem a partir de um concurso documental possuir capacidades básicas para a sua frequência

Perfil

Espera-se que ao final do curso de Mestrado em Saúde Pública, os graduados possam dispor de conhecimentos e aptidões que os habilitem a contribuir para a melhoria da saúde das populações e dos sistemas de saúde, tanto em Moçambique como em âmbito mais alargado, no plano científico, profissional e da cidadania para além de competências para:

  1. Reunir, analisar, interpretar e apresentar com rigor o estado actual do conhecimento sobre as principais questões da Saúde Pública e as suas vertentes;
  2. Participar na planificação, execução e avaliação de acções concretas nos sistemas de saúde e na comunidade;
  3. Contribuir, como profissionais e cidadãos, para a melhoria da saúde e dos sistemas de saúde, tanto no País como no conjunto da África e, sempre que se proporcionar, num âmbito ainda mais alargado, particularmente nos países do mundo inteiro;
  4. Reflectir e avaliar, crítica e continuamente, a respectiva prática profissional;
  5. Exercer actividades específicas nas áreas de especialização previstas.

Competências

Especificamente, ao fim do curso de Mestrado em Saúde Pública os graduados devem ser capazes de:

  1. Promover a saúde, reduzindo o impacto das doenças entre as populações; a partir da planificação, execução e avaliação de acções concretas nos sistemas de saúde e nas comunidades;
  2. Actuar criticamente no desenho de estudos e práticas de saúde pública a partir de conhecimentos acumulados sobre os processos ecológicos, evolutivos e sociais envolvidos no surgimento de epidemias e endemias das doenças transmissíveis.
  3. Realizar investigações interdisciplinares sobre os problemas que emergem na construção e aplicação do conhecimento em saúde pública, através do desenvolvimento da capacidade analítica e interpretativa das realidades socioculturais.
  4. Actuar em áreas de docência e nos diversos âmbitos de formação de profissionais de saúde.

Saídas Profissionais

Espera-se que o Mestre em Saúde Pública possa exercer as seguintes actividades:

  1. Na direcção das diversas instituições do sistema nacional de saúde, organizações não-governamentais e afins;
  2. Na assessoria e consultoria dos órgãos de gestão em saúde de instituições públicas, estatais, privadas e comunitárias;
  3. Na gestão dos processos de certificação da segurança alimentar e ambiental em empresas públicas, privadas e organizações não-governamentais.
  4. Na investigação e docência em instituições de formação na área da saúde.

Plano curricular

Conteúdo não disponível - volte em breve.