Watch video

O evento que juntou académicos e empreendedores, decorreu na manhã do dia 31 de Maio do ano em curso na Faculdade de Ciências Agronómicas da UCM,sob olema “Projecto empresarial como promotor do empreendedorismo no seio dos estudantes”.

O workshop sobre projecto empresarial visava a partilha de conhecimentos, experiências empreendedoras e histórias de sucesso, para inspirar e incentivar os estudantes a desenvolver habilidades para construção de carreiras de sucesso.

No seu discurso de boas vindas, o Director da Faculdade, Eng. Sueco Albino Cipriano, explicou que a FCA e a UCM no geral não se preocupam apenas em formar homens e mulheres profissionais dotados de conhecimento cientifico, ético e moral, mas também a formação de empreendedores, capazes de desenvolver projectos agropecuários, criativos e inovadores para seu autossustento, contribuindo para uma sociedade mais digna. 

Intervindo na ocasião, o Professor Doutor Miguel Benjamim António, docente da cadeira de projecto empresarial na FCA, explicou que durante as aulas, os estudantes aprendem técnicas empreendedoras para implementação de projectos rentáveis, que resultam em histórias de sucesso e fonte de inspiração social.

Em sua apresentação, o estudante finalista do curso de licenciatura em Agronomia, Jone Alide partilhou a experiência de sucesso que teve no âmbito do projecto Agro Chicken. Este referiu que para implementação do projecto, tiveram um investimento dividido em 75% para o capital alheio e 25% de capital próprio, uma estratégia visava incutir nos estudantes a melhor gestão do fundo.

O finalista acrescentou ainda que a concepção e implementação do projecto, foi um desafio encorajador, associado ao facto de ser um projecto de criação e venda de frangos de corte, num ambiente em que a uma demanda pelo produto, o que possibilitou a geração de lucros.

A Eng. Barreta Velasco Savanguane, também interviu no evento, onde abordou sobre o Empreendedorismo Agropecuário. Na ocasião a docente defendeu que além dos conhecimentos agrários, importa dar aos estudantes, habilidades que lhe permite a identificação de oportunidades e transforma-las em negócios capazes de desenvolver a economia.

Uma das instituições bancarias que se fez presente no workshop, foi a Mozabanco, o seu representante, Dr. Valdo Varela do Lobo, que falava em torno do evento, fez saber que a instituição tem uma linha de crédito ligada ao projecto sustenta, e que através desta o empreendedor pode solicitar obedecendo os critérios estabelecidos.

Em representação a Gapi, o Sr. João Manjate, partilhou detalhes sobre sua instituição e explicou que a mesma financia e acompanha as pequenas e medias empresas em todas as fases da sua implementação.  

Por: Relações públicas da Faculdade de Ciências agronómicas

Revisão: Departamento de Comunicação e protocolo 

Noticias Relacionadas